Madredeus

Madredeus
Moro em Lisboa

Que outra cidade levantada sobre o mar
a beira-rio, acabou por se elevar
entre dois braços de água
um de sal, outro de nada
Água doce, água salgada
águas que abraçam Lisboa

É em Lisboa que o Tejo Chega ao mar
é em Lisboa que o mar azul recebe o rio
É essa brisa que nos faz
promessas de viagem
Brisa fresca que reclama
Nas nossas almas ausentes

Suave cidade
do sal do mar
Moro em Lisboa
e a tarde cai

Suave cidade
do sal do mar
Moro em Lisboa
e a tarde cai

Moro em Lisboa
Moro em Lisboa
Moro em Lisboa
e a tarde cai

Pegasus

Toegevoegd door Pegasus op zo 29 nov, 2015 1:33 am

Auteur: ?
Componist: ?
Uitgever: ?
Taal: Portugees

Reacties

CommonCrawl [Bot]

Volg Muzikum